Construção do Rodoanel Metropolitano de BH ameaça área cárstica de Lagoa Santa

APA Carste Lagoa Santa engloba sete unidades de conservação, entre elas o Parque Estadual do Sumidouro / Crédito: Divulgação/ IEF

Traçado proposto favorece avanço da especulação imobiliária.

Press release

Belo Horizonte, 31 de agosto de 2021 - O valor histórico, científico, hídrico e ambiental da área cárstica de Lagoa Santa é mundialmente reconhecido, por abrigar mais de 600 cavernas com vestígios da presença de populações e animais pré-históricos. Apesar da importância, este patrimônio corre sério perigo.

Em outubro de 2020, o governo publicou o decreto 48.063 revogando os decretos 39.585/1998, 44.500/2007 e 45.097/2009 e a APA contra a ocupação desordenada. Logo após, anunciou a construção do Rodoanel Metropolitano de Belo Horizonte, cujo traçado passará a apenas cinco quilômetros do limite da Área de Proteção Ambiental de Lagoa Santa.

Dalce Ricas, superintendente da Amda, alerta para a necessidade de medidas imediatas para proteger o Cárstico de Lagoa Santa contra a especulação imobiliária: “o simples anúncio do Anel já é atrativo para os loteadores e invasores. Se esta faixa de cinco quilômetros for ocupada, o segundo passo será pressionar o governo para abrir saídas. E se isto acontecer, a região explodirá, e o Anel será responsável por mais uma tragédia ambiental. Com o dinheiro de outra, aliás.”, ironiza.

O pesquisador Peter Lund descobriu mais de 12 mil peças fósseis em cavernas da região. Entre eles o Homem de Lagoa Santa, que revelou presença humana no local há mais de 10 mil anos, e espécies como tigre-dente-de-sabre, preguiça e tatu gigantes. Grande parte das cavernas é interligada por fantástico sistema hídrico, composto por rios subterrâneos.

Em vídeo divulgado nas redes sociais, a Amda chama a atenção para as ameaças ao valioso patrimônio cárstico de Lagoa Santa e solicita providências para protegê-lo.

 

Notícias relacionadas:

Região cárstica é reconhecida internacionalmente como zona úmida

No Ano Internacional das Cavernas e do Carste, as cavernas do Brasil estão em alto risco

Rua Antares, 100, Santa Lúcia
Belo Horizonte / MG CEP: 30360-110
Telefone: (31) 3291 0661

Assine e receba as novidades e notícias sobre nossas ações, eventos e meio ambiente