Plásticos descartáveis são banidos na Alemanha

Na Europa, até 85% do lixo marinho é composto por plástico.

Até 2030, todas embalagens de plástico comercializadas na União Europeia devem ser reutilizáveis ou facilmente recicláveis.

Cotonetes, talheres, pratos, canudos, colheres e copos descartáveis de plástico não podem mais ser comercializados na Alemanha. Desde o início do mês, está em vigor lei que proíbe a venda desses produtos no país, atendendo a diretiva europeia que visa proteger os oceanos da poluição. Na Europa, até 85% do lixo marinho é composto por plástico.

A medida também veta o comércio de embalagens de poliestireno (isopor), permitindo apenas a venda de itens que já foram fabricados ou que não possuem substitutos viáveis, como lenços umedecidos, cigarros com filtro de plástico e absorventes internos. No entanto, no rótulo desses produtos deve constar um alerta sobre os danos ambientais causados pelo plástico.

Regras mais rígidas

De acordo com a nova lei, o governo alemão ainda privilegiará a aquisição de “produtos feitos com materiais reciclados” em licitações públicas. Assim como a Alemanha, outros países europeus também devem adotar regras mais duras contra plásticos de uso único para atender à Diretiva 2019/904 do Parlamento e Conselho Europeu.

Em vigor desde 03 de julho, a medida tem como objetivo assegurar, até 2030, que todas as embalagens de plástico comercializadas na União Europeia sejam reutilizáveis ou facilmente recicláveis.

“Preservando o valor dos produtos e materiais tanto tempo quanto possível e gerando menos resíduos, a economia da União pode tornar-se mais competitiva e mais resiliente, reduzindo, ao mesmo tempo, a pressão sobre os preciosos recursos e sobre o ambiente”, prevê a diretiva.

Na França, já foi banida a maior parte das sacolas plásticas utilizadas para transportar frutas e legumes, assim como sacos de chá e confete plástico. A Grécia, em fevereiro, baniu os itens plásticos de uso único de suas repartições públicas. Já Itália e Bélgica apostam em taxas e tributos sobre o plástico para desestimular seu uso.

 

Fique por dentro:

Canadá anuncia medidas para zerar resíduos plásticos até 2030

Produção de plástico pode dobrar até 2025

Fundo dos oceanos abriga mais de 14 milhões de toneladas de microplásticos

Rua Antares, 100, Santa Lúcia
Belo Horizonte / MG CEP: 30360-110
Telefone: (31) 3291 0661

Assine e receba as novidades e notícias sobre nossas ações, eventos e meio ambiente