Janeiro de 2020 bate recorde de temperatura

Calor verificado no primeiro mês deste ano foi superior ao registrado em janeiro de 2016, ano mais quente da história

 Após 2019 ser apontado como o segundo ano mais quente desde o início dos registros, os termômetros registraram novo recorde de temperatura em janeiro deste ano. Segundo o serviço de monitoramento Copernicus, a temperatura global no primeiro mês de 2020 foi 0,77° C superior à média de todos os janeiros entre 1981 e 2010.

O anúncio, divulgado nesta terça-feira (4), indicou que a elevação foi de 0,03°C em comparação ao último janeiro mais quente, registrado em 2016. O calor acima da média foi observado na maior parte dos continentes, informou o programa europeu.

A Europa liderou o ranking de temperatura, excedendo em 3,1ºC a média obtida para o período entre 1981 e 2010. Em parte da Rússia e da Escandinávia a elevação chegou a 6ºC. Na Austrália, Madagáscar, Moçambique e em outros países do hemisfério sul as chuvas aumentaram. Já no Ártico e na Antártica, as coberturas de gelo chegaram a níveis abaixo do esperado para o período.

De acordo com o Copernicus, os últimos cinco anos foram os mais quentes desde o início das medições. Estima-se que nestes últimos anos, a temperatura média global subiu entre 1,1º e 1,2°C em relação à era pré-industrial, fazendo da década de 2010-2019 a mais quente da história.

Cientistas alertam para a elevação sem precedentes das temperaturas terrestres e oceânicas e suas implicações, como aumento do nível dos oceanos, redução dos gelos marítimos, intensificação das ondas de calor e demais eventos climáticos extremos.

Rua Antares, 100, Santa Lúcia
Belo Horizonte / MG CEP: 30360-110
Telefone: (31) 3291 0661

Assine e receba as novidades e notícias sobre nossas ações, eventos e meio ambiente