Terça Ambiental discute como está a Educação Ambiental em Minas Gerais

Marta Silveira, especialista em gestão ambiental com foco em educação ambiental, é a convidada da Amda

A Política Nacional de Educação Ambiental (PNEA) determina que a Educação Ambiental (EA) deve ser desenvolvida "como prática integrada, contínua e permanente em todos os níveis e modalidades do ensino formal". Contudo, a lei pontua que essa incorporação deve ocorrer de modo interdisciplinar, ou seja, não existe uma disciplina específica para que os conceitos sejam trabalhados em sala de aula. A Terça Ambiental de maio, que acontecerá no dia 07, vai discutir se a EA é realmente implementada nas escolas e como isso acontece. A convidada da Amda para debater o tema é Marta Silveira, especialista em gestão ambiental com foco em educação ambiental.

O fato de a legislação classificar a educação ambiental como uma matéria interdisciplinar é um dificultador. Com tanto conteúdo para aplicar em pouco tempo, é difícil encontrar professores dispostos a dedicar ainda mais tempo na busca por materiais adequados para abordar quaisquer temas que integram a EA. A falha esbarra ainda na postura das instituições de ensino, que não investem na capacitação dos professores, nem na pesquisa de materiais didáticos que abordem a temática ambiental.

Na maioria das vezes, a abordagem é fruto de demandas emergenciais, como a crise hídrica que atingiu diversas regiões do país em 2014. A sensibilidade dos professores em reconhecer a urgência e importância da educação ambiental é crucial para o desenvolvimento de atividades.

Desde 2015 tramita no Senado Federal o Projeto de Lei do Senado (PLS) n° 221, que estabelece a educação ambiental como matéria obrigatória no currículo escolar. O autor da proposta, senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), considera a atual situação da EA insuficiente. Desde o ano passado o projeto está na Comissão de Educação, Cultura e Esporte. No início de março deste ano o projeto foi redistribuído ao senador Izalci Lucas para emitir relatório.

Neste ano, a Terça Ambiental está com uma proposta itinerante. Em abril, o evento será realizado no dia 30 de abril, às 19h, no auditório do CREA-MG, localizado na avenida Álvares Cabral, 1600 / 6º andar, bairro Santo Agostinho, em Belo Horizonte. Garanta sua inscrição!

 

Serviço:
O que: Terça Ambiental: Educação Ambiental em Minas Gerais
Palestrante: Marta Silveira, especialista em gestão ambiental com foco em educação ambiental
Data: 07/05/2019
Local: Auditório do CREA-MG - av. Álvares Cabral, 1600 - 6º andar - Santo Agostinho - BH/MG
Horário: 19h

Rua Antares, 100, Santa Lúcia
Belo Horizonte / MG CEP: 30360-110
Telefone: (31) 3291 0661

Assine e receba as novidades e notícias sobre nossas ações, eventos e meio ambiente