Array
Notícias

ICMBio revela que 1,2 mil espécies de animais estão em risco de extinção no Brasil

Array
ICMBio revela que 1,2 mil espécies de animais estão em risco de extinção no Brasil
Foto: GuilhermeMOraes

Com o lançamento da plataforma “Salve”, pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), foi revelado que aproximadamente de 1.200 espécies da fauna brasileira, distribuídas nos sete biomas do país, estão sob risco de extinção.

Resultado de uma colaboração entre o ICMBio, especialistas da comunidade científica e instituições governamentais, a plataforma reúne dados e informações do Sistema de Avaliação do Risco de Extinção da Fauna Brasileira.

As espécies são divididas em três graus de risco: vulnerável, em perigo e criticamente em perigo. O Salve contém fichas de mais de 150 mil animais, proporcionando uma visão da situação das espécies ameaçadas.

O presidente do ICMBio, Mauro Pires, afirma que a plataforma tem a finalidade de fornecer dados não apenas para orientar políticas públicas, mas também para sensibilizar a população sobre os perigos que essas espécies enfrentam. Ele ressalta que a meta principal é reduzir o número de espécies em risco e evitar sua extinção.

Uma das principais ameaças para essas espécies é a destruição de seus habitats, causada principalmente pelo desmatamento, que diminui os recursos naturais que as espécies necessitam para se alimentar, reproduzir e se proteger.
Para Rodrigo Agostinho, presidente do Ibama, a plataforma “Salve” será uma ferramenta crucial para os técnicos do Ibama, auxiliando na avaliação de empreendimentos que requerem licenciamento ambiental.

Entre as espécies ameaçadas estão:

  • Jararaca-de-alcatrazes
  • Boto-cachimbo
  • Soldadinho-do-araripe
  • Tubarão-rabudo
  • Piracanjuba
  • Pica-pau-amarelo

Espécies que já foram extintas:

  • Gritador-do-nordeste
  • Perereca-verde-de-fímbria
  • Rato-de-Noronha
  • Limpa-folha-do-nordeste
  • Perereca-gladiadora-de-sino
  • Caburé-de-pernambuco