Array
Notícias

Caçadores divulgam vídeo ensinando a burlar enquete da Câmara dos Deputados sobre PL que legaliza caça no país

Array
Caçadores divulgam vídeo ensinando a burlar enquete da Câmara dos Deputados sobre PL que legaliza caça no país

Press Release

Belo Horizonte, 02 de fevereiro de 2017 – A súbita virada da enquete da Câmara dos Deputados a favor do Projeto de Lei 6.268/2016, que autoriza caça a animais silvestres no Brasil, de autoria do deputado federal Valdir Colatto (PMDB-SC), causou espanto e preocupação às entidades que estão mobilizadas contra o mesmo. Alertada por comentário feito no próprio site da Câmara, a Amda conseguiu acessar vídeo que ensina como fraudar a enquete votando repetidas vezes. De forma honesta, cada usuário só poderia participar uma única vez.

Em seu perfil pessoal no Facebook, Daniel Terra, que se identifica na rede social como presidente da Associação Goiana de Caça e Conservação (AGCC), convoca caçadores a votar a favor do PL: “Senhores caçadores, o momento é de união e mobilização, cada entidade, grupo ou caçador individualmente deve assumir a responsabilidade de votar no ‘SIM’ na enquete da Câmara dos Deputados sobre o projeto de legalização da caça, e mobilizar todos do meio a fazerem o mesmo. Os ‘antis’ tomaram um susto com a virada na enquete, mas já se coçaram e recuperam espaço. Não podemos descansar em ‘berço esplêndido’, estamos no meio de uma batalha e devemos marchar vigorosamente rumo à vitória”.

O vídeo que “ensina” como burlar a votação foi denunciado pelo blog “O Grito do Bicho”. O material mostra como uma mesma pessoa pode votar quantas vezes quiser. A escritora do blog informou que realizou denúncia da fraude no site da Câmara dos Deputados.

A Amda conversou com Tadeu Cariolano dos Santos, no setor de informática da Câmara, perguntando se alguma providência foi tomada. Ele informou que até aquele momento, a denúncia não havia chegado a seu conhecimento, e que a enquete não é uma pesquisa estatística. Seu único objetivo é gerar debate.

Questionado sobre o que será feito em relação à fraude, respondeu que só pode tomar alguma providência, como tirar a enquete do ar, se a reclamação fosse feita “via fale conosco”.

Diante disto, a Amda protocolou, nesta quinta-feira (02), denúncia na superintendência da Polícia Federal em Belo Horizonte solicitando que o assunto seja analisado no sentido de tornar-se alvo de investigação pela mesma, e solicitou formalmente que a enquete seja então encerrada, se a Câmara não tiver como impedir a fraude.

Até o momento, 28.008 pessoas já assinaram a petição criada na plataforma change.org contra o PL 6.268/2016. Nas redes sociais, os protestos contra o projeto se multiplicam.

Participe da enquete e assine a petição!

Leia também:

PL de Valdir Collato revoga lei que protege a fauna silvestre no Brasil para legalizar a caça

Dezenas de instituições, pesquisadores e técnicos manifestam-se contra liberação da caça de animais silvestres no Brasil

Para mais informações: (31) 3291-0661