Array
Notícias

Amda promove atividades especiais para Dia da Criança no parque das Mangabeiras

Array
Amda promove atividades especiais para Dia da Criança no parque das Mangabeiras

Press Release

Belo Horizonte, 10 de outubro de 2016 – Em comemoração ao Dia da Criança, a Amda participará, pela segunda vez, do Fantástico Mundo da Criança, que está em sua 30º edição e acontece esta semana no parque das Mangabeiras. A organização estará no parque nos dias 11 e 12.

Nesta terça-feira (11), a Amda promoverá uma exposição interativa sobre combate a incêndios florestais. As crianças terão oportunidade de conhecer os equipamentos utilizados pelos brigadistas da entidade para debelar queimadas, como bomba costal, chicote, abafador e soprador. Os pequenos poderão fazer perguntas para brigadistas profissionais e assistir à demonstrações dos equipamentos.

Nos dias 11 e 12, a Caravana Ambiental da Amda estaciona na praça das Águas. A Caravana é um projeto de educação ambiental itinerante, que consiste em apresentações teatrais. O espetáculo É o Bicho! aborda o tráfico de animais silvestres, considerado a segunda maior causa da degradação da biodiversidade no Brasil.

Centenas de animais são cruelmente arrancados de seus habitats todos os anos. Além do trauma, os bichos são confinados por dias em tubos de PVC, caixas de sapato ou garrafas PET sem ar, água ou comida. De cada 10 animais capturados na natureza, apenas um chega vivo ao seu destino final.

A peça, produzida para o público infantil, tem como objetivo conscientizar as crianças quanto ao combate do tráfico de animais silvestres, cultura da caça e outras ações que, apesar de “comuns”, vão na contramão da proteção à biodiversidade.

Confira a programação:

Terça-feira, dia 11 de outubro

Praça das Águas
9h às 10h – Espetáculo teatral “É o Bicho”
9h às 13h – Exposição de combate a incêndios florestais
15h às 16h – Espetáculo teatral “É o Bicho”

Quarta-feira, dia 12 de outubro

Praça das Águas
9h às 10h – Espetáculo teatral “É o Bicho”
15h às 16h – Espetáculo teatral “É o Bicho”