Array
Notícias

Britânicos criam área de preservação marinha no oceano Atlântico

Array
Britânicos criam área de preservação marinha no oceano Atlântico
Crédito: IMO

O governo Britânico anunciou a criação de uma nova reserva marinha no oceano Atlântico. A área, que fica em torno da ilha de Ascensão, entre Pernambuco e Angola, tem 234 mil quilômetros quadrados, tamanho equivalente ao Reino Unido.

A reserva terá 52,6% de sua área fechada para pesca com patrulha de monitoramento 24 horas. O restante será destinado a biólogos e oceanógrafos responsáveis por demarcar os limites da área com precisão até 2017.

As negociações, feitas entre o governo Britânico, a administração local de Ascensão e a Blue Marine Foundation (fundo ambiental criado em 2010), já duravam dois anos. Os custos de monitoramento serão financiados pela Fundação Bacon, que disponibilizou 300 mil euros (R$ 1,8 milhão) por um ano e meio.

O local é uma importante área de conservação de tubarões e atuns, espécies ameaçadas pela sobrepesca, atividade que vem reduzindo drasticamente suas populações.

De acordo com a Blue Marine Foundation, grande parte da área de 200 milhas náuticas (370 km) de Ascensão será destinada à conservação, incluindo 50 milhas mais próximas à ilha. O Governo Britânico também garante que metade da reserva será fechada para atividades econômicas e o restante vai contar com policiamento e prevenção da pesca de espécies ameaçadas.