Array
Notícias

Corredor ecológico ligará unidades de conservação entre BH e Nova Lima

Array
Corredor ecológico ligará unidades de conservação entre BH e Nova Lima
Corredor ecológico liga Mata da Baleia

Belo Horizonte está mais perto de ganhar o primeiro Corredor Ecológico da Região Metropolitana. Com extensão de aproximadamente 1.500 hectares, o corredor abrange a Mata da Baleia, Serra do Curral e Serra do Rola Moça, tendo também conexão com a Serra do Gandarela. A iniciativa é uma parceria entre a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e da Fundação de Parques Municipais, a Prefeitura de Nova Lima e o Instituto Estadual de Florestas (IEF).

O objetivo do corredor ecológico é promover conexões entre áreas verdes, interligando ecossistemas existentes e garantindo o deslocamento de animais, dispersão de sementes e aumento da cobertura vegetal. “Vamos mapear os locais onde não têm árvores plantadas para que ocorra o reflorestamento e, assim, forme um corredor verde interligando as áreas. As espécies plantadas serão nativas da região”, explicou Karine Paiva, presidente da Fundação de Parques Municipais. Segundo ela, a arborização está prevista para começar em 2016.

De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente, Délio Malheiros, um edital será publicado em janeiro do ano que vem para que entidades interessadas na execução do projeto se manifestem. Segundo ele, a prefeitura da capital já teria recursos assegurados de cerca de R$ 200 mil para a arborização do corredor.

O município também estuda firmar acordos com a iniciativa privada para criação de áreas de preservação privadas. “Em algumas partes, os corredores ficam dentro de propriedades particulares. Convidamos essas pessoas a transformar esses espaços em áreas de preservação em troca da isenção de IPTU”, disse Malheiros.