Array
Notícias

População de ursos polares pode ser reduzida em mais de 30% até metade do século

Array
População de ursos polares pode ser reduzida em mais de 30% até metade do século
Crédito: meioambiente.culturamix

No decorrer dos próximos 35 a 40 anos, a população global de ursos polares poderá declinar em mais de 30%, à medida em que o aquecimento global derrete o gelo do mar do Ártico. O dado consta em relatório da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN, na sigla em inglês), estudo apontado como um dos mais detalhados sobre os animais.

A pesquisa utilizou dados atualizados e novas projeções do gelo marítimo em relação a uma análise anterior de 2008. A redução das geleiras, que em setembro de 2012 foi a mais grave desde que os registros por satélite começaram, tornará ainda mais difícil para os ursos polares caçarem focas que moram no gelo, aponta o relatório. Estima-se que existam entre 22 e 31 mil ursos polares no Ártico e, segundo o estudo, quanto menor seu habitat se tornar, mais vulneráveis eles ficarão.

As populações desses animais aumentaram em algumas regiões nos últimos anos pela melhoria na proteção e da proibição à caça, mas as estimativas das populações como um todo nas últimas décadas são vagas.

A IUCN declarou que uma Lista Negra de animais e plantas compilada pela entidade descobriu que 23.250 espécies das 79.837 verificadas até o momento estão ameaçadas. Os ursos polares estão listados como “vulneráveis”, a categoria menos ameaçada em uma escala que termina com “extinta”.