Array
Notícias

População de animais marinhos caiu pela metade desde 1970

Array
População de animais marinhos caiu pela metade desde 1970

Pesca excessiva e mudanças climáticas são alguns dos fatores responsáveis pela drástica redução do número de mamíferos, pássaros, peixes e répteis marinhos. De acordo com relatório da World Wildlife Fund (Fundo Mundial para a Natureza – WWF) e da Zoological Society of London, a população desses animais caiu quase pela metade (49%) desde 1970. Os pesquisadores avaliaram mais de 1.200 espécies de criaturas marinhas nos últimos 45 anos.

Segundo o estudo, algumas espécies que integram a dieta alimentar das pessoas, como atum e cavala, estão diminuindo ainda mais. A queda na população dessas espécies foi de 74%.

A população de pepinos-do-mar, bastante apreciado na Ásia, também sofreu grande redução. Em Galápagos, a queda foi de 98% e no Mar Vermelho de 94%.

O estudo destaca ainda o desaparecimento de habitats como prados marinhos e manguezais, importantes para a alimentação e como “berçário” de várias espécies. Segundo o documento, o dióxido de carbono está sendo absorvido pelos oceanos, fazendo com que fiquem mais ácidos, prejudicando centenas de animais.

“A atividade humana prejudicou gravemente o oceano ao pescar espécies mais rapidamente do que elas se reproduzem e também desnutrindo seus habitats”, aponta Marco Lambertini, diretor da WWF International.