Array
Notícias

Ministra Izabella Teixeira anuncia Cláudio Maretti na presidência do ICMBio

Array
Ministra Izabella Teixeira anuncia Cláudio Maretti na presidência do ICMBio
Novo presidente do ICMBio

Na última segunda-feira (27), a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, anunciou que o geólogo Cláudio Maretti vai assumir a presidência do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgão que cuida da gestão das áreas protegidas federais. Maretti, que vai substituir Roberto Ricardo Vizentin, hoje é líder da Iniciativa Amazônia Viva (LAI, na sigla em inglês), da ONG WWF (World Wildlife Fund).

O anúncio ocorreu durante a cerimônia de posse de Ana Cristina Barros no comando da Secretaria da Biodiversidade e Florestas (SBF) do Ministério do Meio Ambiente (MMA). Em entrevista para o portal ((o))eco, Vizentin afirmou estar satisfeito com a escolha da ministra. Sobre seu mandato, afirmou que “o balanço é muito positivo, acho que conseguimos coletivamente, com a direção do instituto, dar uma contribuição importante”.

Além do anúncio da mudança no ICMBio, a ministra Izabella Teixeira também confirmou Carlos Guedes de Guedes para assumir a Secretaria do Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável (SEDRS) do Ministério do Meio Ambiente.

Ambientalista veterano

Cláudio Maretti está no WWF há 12 anos. Formado em geologia pela Universidade de São Paulo (USP), ele fez mestrado em geotecnia e doutorado em geografia humana, com tese sobre gestão territorial comunitária no oeste africano.

Maretti participou ativamente da implementação do Programa Áreas Protegidas da Amazônia (Arpa), considerado o maior esforço de conservação local da biodiversidade no mundo, que é coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente e financiado com recursos do Global Environment Facility (GEF), do Banco de Desenvolvimento da Alemanha (KfW), da Rede WWF e do Fundo Amazônia.