Array
Notícias

Ronaldinho Gaúcho é condenado por dano ambiental em Porto Alegre

Array
Ronaldinho Gaúcho é condenado por dano ambiental em Porto Alegre
Ronaldinho Gaúcho atualmente defende o Querétaro do México / Crédito: divulgação Querétaro

O jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho, seu irmão e empresário Roberto de Assis Moreira e a empresa Reno Construções e Incorporações foram condenados pela Justiça do Rio Grande do Sul por dano ambiental ao Lago Guaíba, em Porto Alegre. Eles deverão retirar o trapiche com plataforma de pesca e atracadouro construídos em área de preservação permanente, próxima à mansão do jogador. Além disso, os condenados deverão pagar multa de R$800 mil, que será revertida ao Fundo Estadual do Meio Ambiente.

A Justiça determinou ainda a demolição da canalização do Arroio Guabiroba – bacia hidrográfica que banha o local -, feita com muros e pedras, a pavimentação das margens e pontes construídas.

R49 também terá que arcar com a recuperação e recomposição da paisagem e das características do ecossistema local, no prazo de seis meses, sob pena de multa diária fixada em R$ 100 mil.