Array
Notícias

Máquina tritura cartão e pedaços são reciclados

Array
Máquina tritura cartão e pedaços são reciclados
Máquina tritura cartões e pedaços são reciclados / Crédito: Paulo de Araújo/MMA

Frequentemente descartamos cartões de crédito, débito, planos de saúde, seguros ou transporte público. Estima-se que circulam no Brasil por volta de um bilhão desses cartões, feitos de PVC, um tipo de plástico. Pensando na quantidade de resíduo, o empresário pernambucano Renato Soares de Paula, que também é um fabricante de cartões, inventou a papa-cartão.

Ao inserir o cartão e girar uma manivela, a máquina tritura o produto imediatamente. Os restos são recolhidos e reciclados. Os pedaços podem ser transformados em capas de caderno, copos ou crachás, por exemplo.

A invenção começou a circular no ano passado, mas poucas cidades receberam a papa-cartão. Em São Paulo, duas máquinas foram instaladas nas estações Paraíso e Consolação do metrô.

O Ministério do Meio Ambiente (MMA) está incentivando a proliferação das papa-cartão com uma campanha de coleta e reciclagem de cartões de plástico. A iniciativa faz parte do programa Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P).

No início deste mês, o Jardim Botânico, no Rio de Janeiro, e a Esplanada dos Ministérios, em Brasília, receberam máquinas. Os coletores também serão disponibilizados para outras sedes de órgãos públicos, especialmente na Capital Federal, entre eles a Agência Nacional de Águas (ANA), Serviços Florestal Brasileiro, Exército Brasileiro, Advocacia Geral da União e Câmara dos Deputados.

As papa-cartão estarão disponíveis até fevereiro de 2015, segundo o MMA.