Array
Notícias

A arquiteta Luiza Franco apresenta oportunidades das construções sustentáveis na Terça Ambiental

Array
A arquiteta Luiza Franco apresenta oportunidades das construções sustentáveis na Terça Ambiental
Crédito: Elizabete Lino

A 31ª edição da Terça Ambiental da Amda, realizada na última terça-feira (29), reuniu cerca de 130 pessoas no auditório do Senac para debater o tema “Construções Sustentáveis”. A arquiteta urbanista Luiza Carvalho Franco, especialista em sistemas tecnológicos e sustentabilidade pela UFMG, foi a palestrante do evento, que também contou com a presença do engenheiro eletrônico José Otávio Andrade Franco na mesa de debate.

Durante a palestra, Luiza apresentou um panorama do atual cenário do setor construtivo, mostrando os agentes envolvidos e os principais desafios e oportunidades do setor. Segundo a palestrante, “construção sustentável, também conhecida Internacionalmente como Green Building, é aquela que busca a redução dos impactos negativos ao meio ambiente e aos seus usuários na sua construção e operação, tornando-se o mais autossuficiente possível”.

Mesmo com investimento inicial de 3% a 10% maior do que as construções convencionais, Luiza destacou que, ao longo do projeto, a Green Building ocasiona o uso de menos insumos para construção; economia de até 60% no consumo de água; de até 85% de energia; de custo de até 69% com destino de resíduos da construção; e redução dos custos operacionais em até 10%.

A arquiteta também apresentou alguns exemplos de aplicações de Green Building no Brasil e no mundo. A sede do IPLEMG, Edifício da FIEMG e Edifício da FORLUZ são exemplos de construções sustentáveis em Belo Horizonte.

“Gostei muito da experiência de participar da Terça Ambiental, principalmente pela oportunidade de poder falar para um público tão diverso, formado por profissionais de várias áreas de conhecimento e também estudantes. Disseminar esse assunto é muito relevante, já que a aplicação de todos os seus processos ainda é um desafio para o setor da construção e para o ambiente.”, afirma Luiza.