Array
Notícias

Copasa nega apoio à brigada da Amda para debelar incêndio

Array

A equipe da brigada Amda/Usiminas debelou, na última sexta-feira (23), um incêndio no manancial Rio Manso, em Minas Gerais. As chamas atingiram uma propriedade da Copasa, que se negou a ajudar no combate apesar do alerta da brigada. O manancial fica dentro da Área de Proteção Especial (APE) Rio Manso, que abrange os municípios de Brumadinho, Rio Manso, Itatiaiuçu, Bonfim e Crucilândia.

Segundo relato do coordenador de brigadas da Amda, Fabrício Araújo, o incêndio aconteceu ao lado da propriedade da Copasa. “Pedimos apoio da companhia, mas ela não nos atendeu”, disse.

O coordenador também teve dificuldades com o Previncêndio. No primeiro momento, o órgão não atendeu a demanda; depois afirmaram que mandariam uma aeronave, mas a mesma já estava sendo utilizada em outra operação.

“É um absurdo a Copasa não ajudar no combate ao incêndio, principalmente depois que as chamas se alastraram para a propriedade da companhia. Outra frustração foi a promessa infundada do Previncêndio. Felizmente conseguimos debelar o incêndio”, comentou Araújo.

Ainda não há informação sobre a área destruída.

Procurada pela reportagem, a Copasa não se pronunciou.