Array
Notícias

FAO considera Belo Horizonte como uma das dez capitais mais verdes da América Latina e Caribe

Array

A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) classificou Belo Horizonte entre as 10 capitais mais verdes da América Latina e Caribe. A pesquisa analisou 23 países, com dados de 110 cidades e municípios, e indicou aumento da agricultura urbana e periurbana na região.

Segundo o relatório da FAO, um dos meios mais eficazes para promover a agricultura urbana na capital mineira foram as hortas escolares, que passaram de 60 para 126 entre 2008 e 2012. A atividade, conforme informações do portal UOL, envolve 96 mil alunos e recebe assistência da Secretaria Municipal Adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional (Smasan). A Smasan oferece também treinamento em microhorticultura a grupos comunitários, entre outros programas.

A FAO pontua que para criar cidades mais verdes é preciso mais apoio dos governos nacionais, estatais e locais. Apenas 12 dos 23 países estudados têm políticas nacionais específicas para a promoção da agricultura urbana e periurbana.

As outras nove cidades classificadas pela FAO são Havana, em Cuba; Cidade do México, no México; Antigua e Barbuda, no Caribe; Tegucigalpa, em Honduras; Manágua, na Nicarágua; Quito, no Equador; Lima, no Peru; El Alto, na Bolívia; e Rosário, na Argentina.