Array
Notícias

São Paulo recebe cinco lixeiras ecológicas que funcionam com energia solar

Array
São Paulo recebe cinco lixeiras ecológicas que funcionam com energia solar
Papeleira sustentável tem capacidade para até 600 litros de resíduos / Crédito: Divulgação/ CicloVivo

Cinco lixeiras ecológicas estão sendo usadas na região Noroeste de São Paulo. Fabricada com material reciclado, a papeleira sustentável funciona a partir da energia solar. A Big Belly, como é chamada, avisa, via SMS, a situação da capacidade da lixeira. As mensagens são disparadas quando ela está vazia, com 80% de sua capacidade ocupada ou quando está totalmente cheia.

O equipamento necessita de apenas oito horas de sol para operar um mês inteiro e, por meio de seu compactador automático, pode armazenar até 600 litros de resíduos sem necessidade de manutenção. O compactador de baixo consumo energético é alimentado por um painel solar instalado no topo da papeleira.

“Esse equipamento evita uma série de problemas que vemos com as papeleiras comuns, como o vandalismo, esgotamento rápido da capacidade de armazenamento, vazamento de chorume, contato de animais, impacto na operação da equipe que faz a manutenção e a eliminação dos problemas com papeleiras onde a demanda de resíduo é maior”, disse Eugênia Gaspar, gerente operacional da Inova Gestão de Serviços Urbanos, responsável pela instalação das lixeiras em São Paulo.

Segundo Gaspar, outros benefícios são obtidos por meio da eliminação de sacos de lixo de papeleiras nas ruas, aumento da capacidade equivalente a 12 papeleiras convencionais e o software de gerenciamento que produz gráficos e relatórios dos esvaziamentos e respectivas datas. O uso da Big Belly também aumenta a eficiência das rotas para recolhimento do lixo e reduz o número de viagens, racionalizando o uso de combustível e de mão de obra. “Isso sem falar no ganho ambiental, que é enorme”, destacou.

A tecnologia já está presente em mais de 30 países e chega agora ao Brasil.


Com informações do CicloVivo