Array
Notícias

Reserva do Amapá anuncia doação de animais por falta de recursos

Array
Reserva do Amapá anuncia doação de animais por falta de recursos
Onça-pintada e outros animais de grande porte da reserva ainda aguardam definição de locais adequados para transferência / Crédito: John Pacheco/G1

A Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Revecon, localizada no município de Santana, a 17 quilômetros de Macapá, anunciou a doação dos 515 animais abrigados. Desde 2011, o governo do estado cessou o repasse de verbas para manter o local, fechado para visitação desde janeiro do ano passado. Os animais já começaram a ser recolhidos pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e deverão ser remanejados até março.

O administrador do local, Paulo Amorim, diz não ter recursos para fazer a manutenção dos viveiros e nem para alimentar os animais. “Estamos sobrevivendo de doações de supermercados e pessoas interessadas em ajudar. Mas não é o suficiente nem para manter as atividades socioculturais”, declarou.

Na época em que os repasses foram cortados, o Instituto de Meio Ambiente e Ordenamento Territorial (Imap) alegou que a Revecon tratava-se de uma reserva particular e que o órgão não possuía recursos para mantê-la.

Animais

A remoção dos animais começou ontem (26). As aves foram as primeiras dos 72 animais retirados pelo Ibama. Araras, papagaios e tucanos, além de jabutis e micos, foram levados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) em Macapá, de onde serão encaminhados para zoológicos e reservas em outros estados, já que não há no Amapá outra RPPN e o único zoológico não está legalizado para receber animais.

Os bichos de grande porte, como uma onça-pintada, um gato maracajá e um gavião-real vão aguardar a definição de locais adequados para serem transportados.