Array
Notícias

Empresa converte visualizações de sites em plantio de árvores

Array

Criada em janeiro deste ano, a empresa GreenClick converte o número de visualizações de um site na internet em árvores plantadas, com o objetivo de neutralizar a quantidade de dióxido de carbônico (CO2) emitida no processo de armazenamento da página. A meta da empresa é, até o fim de 2014, plantar 10 mil árvores, quantidade capaz de neutralizar a poluição gerada por um carro 1.0 que percorra uma distância equivalente a quatro voltas ao redor do planeta.

“Para mensurarmos quanto um site demanda de consumo [de eletricidade] e o quanto ele polui o planeta, a gente coletou as especificações técnicas dos maiores servidores do mundo. Com elas, checamos a quantidade de energia consumida e qual a quantidade de acessos são suportados”, explica Cecília Vick, sócia da companhia.

Após o cruzamento dessas informações, a GreenClick constatou que, a cada vez que uma página é visualizada 120 mil vezes por ano, é necessário o plantio de uma árvore. Isso é o suficiente, nas contas da empresa, para neutralizar a emissão de sete quilos de CO2.

Cada árvore custa R$ 248. À medida que mais plantas forem incluídas no pacote, o preço cobrado por cada uma delas cai. O plantio de espécies nativas é feito em uma área no norte do Paraná, no município de Apucarana, pela parceira no empreendimento, o Instituto Brasileiro de Florestas (IBF).

Atualmente, a GreenClick atende quase 40 clientes, para os quais plantou em torno de 70 árvores – o maior deles é a FastRunner, com 35 árvores. Até o fim de março, a empresa estima chegar a 1 mil.