Array
Notícias

Cinco toneladas de carne irregular são apreendidas em estabelecimentos na Zona da Mata mineira

Array

Mobilização da 4ª Companhia Independente de Meio Ambiente e Trânsito Rodoviário em conjunto com o Ministério Público (MP) e o Instituto Mineiro de Agropecuária apreenderam, ao todo, 5 toneladas de carne irregular. As ações aconteceram em um matadouro clandestino instalado na cidade de Matias Barbosa, Zona da Mata de Minas Gerais, e em Juiz de Fora. De acordo com o Tenente Coronel Renato Sampaio Preste, comandante da 4ª Cia Ind. de MAT, foram apreendidas 2,5 toneladas de carne em dois estabelecimentos de Juiz de Fora e o restante em oito comércios de Matias Barbosa.

O matadouro irregular foi descoberto por meio de denúncias enviadas ao MP e à Polícia Militar (PM). Foram apreendidos seis bovinos abatidos irregularmente, sangue fresco – o que indica que a morte dos animais tinha ocorrido recentemente – e chouriço, cuja comercialização é proibida. As denúncias indicaram ainda que as carnes eram distribuídas em açougues da cidade e em Juiz de Fora, na mesma região.

Ainda segundo informações do Coronel Preste, três dos locais abordados foram interditados e tiveram as portas fechadas. Em apenas um deles foram apreendidos 970 kg de carne bovina, a maior parte em estado de putrefação.

Conforme reportagem do jornal Estado de Minas, toda a carga será destinada ao aterro sanitário de Juiz de Fora. “Essa carne não pode ser usada para consumo de forma alguma, pois não se sabe a origem dela e nem se foi feito o controle correto do animal, como vacinação e outras medidas. O risco de intoxicação é grande”, alertou o Coronel.

Uma mulher, que estava no matadouro e não teve os dados divulgados, foi detida. O caso será investigado pela Polícia Civil e pelo Ministério Público.