Array
Notícias

Greenpeace protesta contra Nestlé

Array

Ativistas do Greenpeace fantasiados de orangotango protestaram diante dos acionistas da Nestlé, na Suíça, nesta quinta-feira (15), contra a destruição de florestas da Indonésia.
Na chegada à Reunião Geral Anual da empresa, na cidade de Lausanne, os executivos foram recebidos com o recado: "Dá um tempo: ninguém ganha com a destruição das florestas".
A frase "dar um tempo" é referência ao slogan do Kit Kat, uma das marcas de chocolate da Nestlé mais vendidas no mundo.
A ONG pede que a empresa pare de usar óleo de dendê proveniente do desmatamento em seus produtos. "Além de "acelerar a perda de biodiversidade, o desmatamento agrava os efeitos do aquecimento global", reclama o Greenpeace.
O coordenador internacional da campanha de Florestas do Greenpeace, Pat Venditti, discursou: "Estamos aqui hoje para pedir à Nestlé que mude sua política ‘KitKatastrófica’."
"Pedimos então que os acionistas usem sua influência para garantir que os produtos Nestlé não tenham qualquer relação com o óleo de dendê ou outros produtos (como papel) fornecidos direta ou indiretamente pela Sinar Mas", disse Venditti.
Comunicado do Greenpeace também informou que na Alemanha, de manhã, ativistas escalaram o prédio da Nestlé e abriram uma grande faixa mostrando como os orangotangos estão sendo ameaçados.
Fonte: Folha On line