Nova tecnologia de destinação de resíduos oriundos da fabricação de alumínio chega ao Brasil

Resíduos são tóxicos e exigem cuidados permanentes. 

A fabricação de alumínio, produto amplamente utilizado pela sociedade humana, produz rejeitos no processo industrial classificados como perigosos por apresentarem, em sua composição, sais de cianetos e fluoretos. Sendo líquido, a disposição final dos rejeitos é feita em diques escavados no solo, impermeabilizados com argila compactada e geomembrana de PVC, que devem ser monitorados “ad eternum”.

Com o avanço tecnológico que transforma os rejeitos líquidos em sólidos, a disposição tornou-se mais fácil e segura. Na sexta-feira, 18 de novembro, a Alcoa Poços de Caldas inaugurou oficialmente a instalação de Filtro Prensa, que possibilita esta transformação. Em nota, a empresa informou que a obra de implantação do projeto Filtro Prensa durou cerca de 15 meses, e que Poços de Caldas é a primeira planta da Alcoa no Brasil e a terceira no mundo a implantar esta tecnologia. As duas primeiras são na Austrália.

Informa ainda, que o novo processo reduzirá a emissão de carbono, devido à menor utilização de área de disposição, menor acúmulo de água e, consequentemente, menor consumo de energia no processo.

Rua Antares, 100, Santa Lúcia
Belo Horizonte / MG CEP: 30360-110
Telefone: (31) 3291 0661

Assine e receba as novidades e notícias sobre nossas ações, eventos e meio ambiente