Array
Notícias

Gerador que utiliza dejetos de animais garante energia em cidade do Triângulo Mineiro

Array

No atual período de seca em que o Brasil se encontra, a produção de energia – em sua maioria gerada por hidrelétricas – também fica comprometida. Para aliviar o impacto ambiental, na cidade de Uberlândia, no triângulo mineiro, um gerador utiliza dejetos animais para produzir energia renovável e econômica.

Segundo o produtor rural Jonas Celestino, dejetos de 8 mil suínos são tratados em um biodigestor, de forma que liberam biogás, combustível para o gerador. De acordo com Celestino, a energia produzida abastece as oito casas de sua fazenda.

O produtor, que investiu cerca de R$ 200 mil, já vê resultado nas contas. “Eram R$ 15 mil por mês. Valeu o investimento”, afirmou.

O gerador a base de biogás é capaz de produzir, em média, 200 kvas, o equivalente a 160 kw/h. Segundo o empresário Júlio César, o preço dessa quantidade de energia elétrica hoje, em Minas Gerais, seria R$ 30 mil por mês. A máquina tem capacidade para funcionar por dois anos e meio, 24 horas por dia. De acordo com César, os custos ficaram 1/3 menores, já que as peças são nacionais.