Array
Notícias

Em solenidade, Amda homenageia brigadistas que atuaram no combate de incêndios florestais

Array
Em solenidade, Amda homenageia brigadistas que atuaram no combate de incêndios florestais
Homenagem aos brigadistas. / Crédito: Marina Bhering /Amda

Na última segunda-feira (10) a Amda – Associação Mineira de Defesa do Ambiente – realizou solenidade para homenagear brigadistas profissionais que atuaram no combate de incêndios florestais em Minas Gerais este ano. Durante o evento, que aconteceu no auditório do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura de Minas Gerais (CREA – MG), 93 brigadistas, profissionais e voluntários, receberam medalhas de honra ao mérito pelos serviços prestados em proteção ao meio ambiente e a vida.

Na abertura da solenidade, Maria Dalce Ricas, superintendente executiva da Amda, afirmou que se não fosse a ação dos brigadistas, a tragédia ocorrida em Minas Gerais teria sido muito maior.

“Para 2015, devido às alterações climáticas, a previsão é que ocorram períodos de seca mais longos e períodos de chuva mais curtos, a tendência é que os incêndios se repitam ou até aumentem. Diante deste cenário, a importância dos brigadistas se torna ainda maior”.

Durante a solenidade, foram homenageadas as brigadas da Amda/Ferrous/Vallourec; Amda/Gerdau; Amda/Usiminas; Amda/Vale; Amda/AngloGoldAshanti; e Terra Brasilis /Sindiextra; além de diversos brigadistas voluntários que contribuíram no combate aos incêndios.

O diretor geral do Instituto Estadual de Florestas (IEF), Bertholdino Apolonio Teixeira Júnior, esteve presente na solenidade e compôs a mesa de abertura do evento.

“Hoje é um dia de homenagens e não precisamos comentar as dificuldades do governo. Mas como diretor do IEF só posso agradecer, porque sem as brigadas profissionais e voluntárias a situação teria sido pior.”, afirmou Bertholdino.

Alex Tittoto, que representou a empresa Gerdau Mineração na mesa de abertura, pediu um minuto de silêncio em homenagem aos brigadistas que morreram em combate em Carrancas.