Resoluções ambientais para o ano novo

*Marina Bhering

Feliz ano novo! Agora que o carnaval acabou, finalmente o ano do brasileiro começou. Todos os problemas que deixamos para resolver depois da folia agora nos engole, incluindo as resoluções para o novo ano, que prometemos lá em janeiro. Você ainda lembra da sua lista?

O início de um novo ano abre um leque de possibilidades. A sensação de que tudo pode acontecer é o gatilho incentivador que você precisa para mudar velhos hábitos e transformar sua vida de uma vez por todas. O ritual simbólico da passagem de ano nos preenche de coragem para finalmente tirar do papel aquela velha promessa de frequentar a academia, ter uma vida mais saudável, ler mais livros. Talvez sua lista inclua também começar um trabalho voluntário, ajudar um abrigo ou escolher uma organização para colaborar financeiramente. Mas você já pensou que pode incluir mudanças de hábitos simples que podem fazer muita diferença para o planeta?

Antes de relembrar, fazer ou concluir sua lista de resoluções e metas para 2020, te convido a refletir sobre a situação do planeta atualmente e seus hábitos enquanto morador desta casa. Existe uma gama de ações que podemos adotar para cuidar do meio ambiente. Desde as mais simples, como fechar a torneira ao escovar os dentes, até ir à campo enfrentar as chamas, qualquer ação é válida e tem muito valor.

Escrevi minhas metas para 2020 e incluí novos hábitos que você também pode adotar ou se inspirar.

Medicamentos
As cartelas de medicamentos usados não podem ser descartadas diretamente no lixo comum. Enviadas para aterros ou lixões, esses materiais podem contaminar o solo e lençol freático. No cenário ideal, todas as farmácias deveriam receber as cartelas e medicamentos vencidos e fazer a destinação de forma ambientalmente correta. Enquanto isso não é realidade, você pode “colecionar” as cartelinhas por alguns meses e procurar a farmácia mais perto da sua casa ou trabalho que recebe este material. Não esqueça que as caixinhas de papelão e as bulas devem ir para a reciclagem.

Rolinhos de papel higiênico

Já parou para pensar que o rolinho do papel higiênico é feito de papelão e, portanto, totalmente reciclável? Quantos rolinhos você já descartou no lixo comum do seu banheiro quando poderia ter destinado o material para a reciclagem? Se você gosta de artes, pode transformar os rolinhos em brinquedos ou quadros. Basta uma rápida pesquisa na internet para ver dezenas de possibilidades para reaproveitar materiais como o rolinho. Aproveite o embalo e fique atento ao lixo da sua casa: garanto que há muito mais produtos recicláveis do que você imagina – embalagens de pasta de dente ou shampoo, caixas de presente, sacolas de papel, garrafas de plástico, embalagem de congelados…

Descartáveis
O plástico está tão presente na nossa rotina que quase já não percebemos sua presença. Porém já sabemos os efeitos devastadores de seu descarte incorreto para o meio ambiente. O material precisa de mais de 400 anos para se decompor. Sem o destino correto, centenas de milhares de resíduos plásticos vão parar nos oceanos, impactando o ecossistema marinho. Os animais não são capazes de identificar o material e acabam ingerindo-o pensando que é comida. O plástico não é digerido e os bichos morrem por inanição. Baleias já foram encontradas com mais de 100 toneladas de plástico em seu estômago, bem como aves e tartarugas.

Inclua na sua lista adotar um canudo de aço inox, vidro ou bambu; e um copo e/ou garrafa reutilizável. Assim, você fica preparado para qualquer ocasião e pode recusar, de uma vez por todas, canudos, copos e garrafas de plástico.

Lixo eletrônico
O chuveiro da minha casa queimou recentemente e, apesar da visita de um eletricista, não teve conserto. Ele foi para a área de serviço, ao lado de um estabilizador para computador, um controle remoto velho, cabos e pilhas. Esta foi a primeira vez que me dei conta do lixo eletrônico que estava gerando. E agora, o que faço com tudo isso? Esse tipo de resíduo também não pode ser descartado no lixo comum pelo risco de contaminação. Existem empresas especializadas na reciclagem de lixo eletrônico e algumas aqui de Belo Horizonte, inclusive, buscam os produtos em casa.

Estas são algumas das minhas resoluções para cuidar melhor do planeta. Como você pode ver, não é nada complicado e nem difícil de incluir na rotina. O ano já começou! O que você vai fazer pelo planeta em 2020?

 

*Marina Bhering é jornalista. Especialista em comunicação e marketing digital e ativista ambiental.
Fonte: EcoDebate

Rua Antares, 100, Santa Lúcia
Belo Horizonte / MG CEP: 30360-110
Telefone: (31) 3291 0661

Assine e receba as novidades e notícias sobre nossas ações, eventos e meio ambiente