Empresas participantes do Rock in Rio vão reciclar 4,5 milhões de copos plásticos

Em três dias de festival, o total de lixo coletado foi de 62,1 toneladas, sendo 45,4 de materiais recicláveis.

Heineken, Coca-Cola, Natura e Braskem são as empresas que pretendem transformar copos usados durante o Rock in Rio em embalagens plásticas para cosméticos. A iniciativa conta com o apoio da Associação Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (ANCAT) e da startup Reutiliza Já. 

Para que tudo desse certo, a comunicação do evento incentivou o público a jogar os copos, capas de chuvas, ingressos, pulseiras e outros objetos, não só nas lixeiras, mas também em quatro pontos de descarte espalhados pela Cidade do Rock.

Além disso, para impulsionar o descarte correto do lixo, aqueles que deixavam os materiais plásticos nesses 4 pontos de ação ganhavam pontos que se transformavam em brindes e experiências para curtir o festival.

Todo o plástico descartado durante o evento será enviado para Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb), do Rio de Janeiro, onde será feita a separação e destinação dos materiais. Todo o processo de reciclagem será rastreado pela plataforma Block Chain.

Após as etapas de recolhimento e separação, o lixo reciclável será destinado para Clean Plastic, onde os resíduos serão transformados em resina circular. No final da transformação, a resina reciclada será entregue à Natura para a fabricação de novas embalagens de produtos de beleza. 

Rock in Rio 2019

Não foi a primeira vez que o festival transformou os copos usados em material para produtos de beleza. No ano de 2019, também com a participação da Braskem, Heineken e Natura, todos os copos da bebida foram transformados em tampas de desodorante corporal da linha Humor da Natura.

Rua Antares, 100, Santa Lúcia
Belo Horizonte / MG CEP: 30360-110
Telefone: (31) 3291 0661

Assine e receba as novidades e notícias sobre nossas ações, eventos e meio ambiente