População de tigres selvagens cresce 33% na Índia em quatros anos

Em 2018 foram registrados 2.967 indivíduos. Em 2014, havia menos de 2.226 exemplares.

Após sofrer com acentuado declínio populacional, os tigres selvagens voltaram a se reestabelecer na Índia, principal lar da espécie no mundo. De acordo com o último censo, o número de felinos chegou a 2.967 em 2018, contra aproximadamente 2,2 mil exemplares identificados no senso anterior, de 2014. Os dados, divulgados pela Autoridade Nacional de Conservação de Tigres da Índia (NTCA), apontam crescimento de 33% em apenas quatro anos.

O anúncio foi amplamente comemorado pelas autoridades indianas, cuja responsabilidade era dobrar o número de animais até 2022, conforme compromisso assumido em 2010 durante a Cúpula Global do Tigre, na Rússia. Além da Índia, outros 11 países asiáticos prometeram duplicar a população mundial da espécie nos próximos anos.

Em 2006 foi realizado o primeiro censo com imagens, contrapondo o arcaico sistema de localização de pegadas. Desde então o número de tigres vem crescendo no território indiano. Em 2010, o aumento foi de 300 animais em comparação ao censo anterior, que contabilizou menos de 1.400 exemplares. Quatro anos mais tarde, a tendência permaneceu e o crescimento foi de 30%.

O reestabelecimento da espécie é fruto de árduo trabalho de conservação, executado ao longo dos últimos 40 anos na Índia. Recentemente, o país tem investido na demarcação de novas unidades de conservação, que passaram de 692, em 2014, para 860 em 2019.

A maior luta é contra a caça, principal ameaça ao felino que está em vias de extinção. Muito cobiçado nos países asiáticos, a exemplo da China, o tigre é abatido para dar origem a remédios e outros produtos empregados na medicina popular.

Embora o aumento dos registros também esteja relacionado à evolução dos sistemas de contagem, o governo indiano continua otimista com a recuperação da espécie. "Quinze anos atrás havia sérias preocupações sobre o declínio da população de tigres. Foi um grande desafio para nós, mas com determinação alcançamos nossos objetivos", declarou o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi.

Censo

A cada quatro anos a Índia realiza um balanço do número de tigres de vida livre existentes no país. A contagem é feita por meio de 26 mil câmeras, dispostas em ambientes onde há presença confirmada da espécie. Posteriormente, as imagens são analisadas por programas computacionais para contagem.

Rua Antares, 100, Santa Lúcia
Belo Horizonte / MG CEP: 30360-110
Telefone: (31) 3291 0661

Assine e receba as novidades e notícias sobre nossas ações, eventos e meio ambiente