Orgânicos em casa: saiba onde comprar e como produzir alimentos saudáveis

O consumo de alimentos orgânicos e a adoção práticas agroecológicas são alternativas para fugir dos agrotóxicos.

O Brasil é o país que mais consome agrotóxicos no mundo e sua legislação é uma das mais flexíveis quanto ao uso de substâncias químicas na agricultura. O uso destes compostos causa efeitos nocivos à saúde humana e impactos devastadores na natureza. Estima-se que, por ano, cada brasileiro consuma até sete litros de veneno escondido nos alimentos.

As alternativas para este cenário têm sido o consumo de alimentos orgânicos e a adoção práticas agroecológicas. Para aliar alimentação saudável à proteção ambiental, você pode comprar alimentos livres de veneno de pequenos produtores locais/familiares ou cultivar sua própria horta orgânica em casa.

Segundo a ONU, a agroecologia pode aumentar a produtividade agrícola e a segurança alimentar, melhorar a renda de agricultores familiares e conter a perda de biodiversidade gerada pela agricultura industrial. Além de não usar agrotóxicos na produção, este modelo respeita os processos naturais dos ecossistemas e preza por condições melhores para os trabalhadores.

Incentive a agroecologia

Como muitas feiras livres têm sido suspensas devido à pandemia, dificultando o acesso a frutas e verduras orgânicas, o Greenpeace criou uma lista com agricultores que continuam comercializando seus produtos por meio do WhatsApp e pelas redes sociais. As entregas estão sendo realizadas em domicílio ou em pontos de coleta. Acesse aqui a lista.

O Mapa de Feiras Orgânicas, do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), é outra opção para encontrar alimentos orgânicos e agroecológicos durante a quarentena. O aplicativo identifica feiras mais próximas ao endereço informado e ainda sugere receitas com alimentos regionais disponíveis em cada época do ano.

O objetivo da iniciativa é propiciar melhores escolhas alimentares e encurtar o caminho entre produtores e consumidores. As informações são cadastradas de forma colaborativa, permitindo o usuário incluir feiras que ainda não estejam listadas na plataforma. O mapa está disponível para Android e iOS e também pode ser acessado pelo computador. Clique e confira.

Ao dar preferência aos agricultores locais, que produzem alimentos livres de veneno, todos se beneficiam: sociedade e meio ambiente. Além de promover práticas agrícolas mais sustentáveis, comprar orgânicos de pequenos produtores garante o sustento de famílias que dependem da agricultura para sobreviver.

Mãos a horta

Se a ideia é consumir alimentos saudáveis e, ao mesmo tempo, se conectar com a terra, você também pode cultivar seus próprios vegetais orgânicos dentro de casa. O primeiro passo é selecionar o local para o plantio. Caso more em apartamento, o ideal é plantar em vasos, mas não se esqueça de furar o fundo dos recipientes para não encharcar a terra. Se mora em uma casa, basta selecionar uma parte de seu quintal para construir a sua horta.

Hortaliças e pequenos vegetais – como manjericão, alecrim, hortelã e morango – vivem muito bem em vasos, enquanto pés de acerola, limão, mamão e outras espécies arbóreas necessitam de mais espaço, portanto o mais indicado é plantá-los no quintal. O plantio no chão permite que as frutas e verduras se alastrem, por isso deve haver mais cuidado com as podas.

Para ambos os casos, situe as plantas em locais bem arejados e que a luz do sol incida ao menos em uma parte do dia. Muito cuidado com a terra, prefira as ricas em matéria orgânica e adube regularmente. Também é importante “afofar” a terra para que ela não fique compactada.

Confira aqui dicas para começar a plantar tomatinhos orgânicos utilizando uma sementeira.

Cada espécie exige uma iluminação, um tipo de solo e volume de água diferentes, por isso acompanhe o desenvolvimento de sua horta e procure informações específicas sobre a variedade que deseja cultivar. De modo geral, algumas dicas podem ajudar: se sua planta estiver murcha, o problema pode ser falta de água, enquanto vegetais apodrecidos podem indicar pouco sol e excesso de irrigação.

O combate a pragas agrícolas também é necessário, mas não precisa utilizar produtos químicos para afastar os visitantes indesejados. Chá de hortelã, por exemplo, afasta formigas quando pulverizado sobre as plantas. O vinagre também pode ser eficiente no combate das pragas e na eliminação de ervas daninhas.

Rua Antares, 100, Santa Lúcia
Belo Horizonte / MG CEP: 30360-110
Telefone: (31) 3291 0661

Assine e receba as novidades e notícias sobre nossas ações, eventos e meio ambiente