Projeto Forte de Brumadinho

Serra da Calçada / Crédito: Carla Costa
Serra da Calçada / Crédito: Carla Costa

Projeto resultou na proposta de criação do Ecomuseu da Mineração e da Reserva Particular de Patrimônio Natural do Forte de Brumadinho, abrangendo área de 2.500 hectares.

Projeto desenvolvido nos anos de 2001 e 2002 pela Amda, em parceria com a entidade Asturies, Ministério do Meio Ambiente e MBR - Minerações Brasileiras Reunidas (atualmente incorporada pela Vale). Os trabalhos consistiram inicialmente em estudos sobre aspectos físicos, biológicos e histórico-culturais do segmento da Serra da Moeda, conhecido localmente por Serra da Calçada, onde se situam as ruínas do Forte de Brumadinho, importantes registros de mineração de ouro do século XVIII e sítios arqueológicos pré-históricos, além de significativos remanescentes de Campos de Altitude, Mata Atlântica e Cerrado. A área encontra-se localizada junto ao Parque Estadual da Serra do Rola Moça, e juntas somam uma das maiores e mais expressivas áreas naturais da Região Metropolitana de Belo Horizonte.

O projeto resultou na proposta de criação do Ecomuseu da Mineração e da Reserva Particular de Patrimônio Natural do Forte de Brumadinho, abrangendo área de 2.500 hectares.

A proposta do Ecomuseu foi desenvolvida tendo como fio condutor a relação homem e ambiente, moldada na utilização dos recursos naturais, com ênfase na história da atividade mineradora na região. Teve como diretriz básica a abordagem integral do patrimônio, envolvendo testemunhos materiais e imateriais e sua preservação in situ. O projeto teve ainda como uma de suas principais marcas a interdisciplinaridade dos campos de conhecimento e a reflexão sobre os caminhos para o desenvolvimento sustentável da região.

Rua Antares, 100, Santa Lúcia
Belo Horizonte / MG CEP: 30360-110
Telefone: (31) 3291 0661

Assine e receba as novidades e notícias sobre nossas ações, eventos e meio ambiente