Voluntários

voluntarios

Em seus mais de trinta anos de existência, a Amda sempre contou com a atuação de voluntários. Foram e continuam sendo muitas as batalhas travadas e vencidas (e, não por falta de luta, algumas perdidas) com o apoio de pessoas que, assim como nós, se preocupam constantemente com a preservação do meio ambiente e estão dispostas a doar seu tempo, energia e habilidades para protegê-lo. Jovens e adultos, estudantes e profissionais formados, homens e mulheres de diversos cantos, cada um com sua bagagem, marcam a história da Amda a cada dia, participando e encorajando outras pessoas a participarem de nossas blitze ecológicas, protestos, petições públicas e outras ações de mobilização em prol da natureza. Veja o que eles têm a dizer sobre a Amda e faça você também parte desta história. Afinal, sozinho, ninguém consegue nada!


Quer se tornar voluntário da Amda? Envie um email para elizabete@amda.org.br. Será um prazer tê-lo(a) a bordo!

depoimentos
Bruna Rossi Bruna Rossi, ecóloga

“Participar, contribuir e trabalhar junto com a Amda em seus projetos é extremamente gratificante! É uma ONG que realmente trabalha e, com uma equipe super engajada, atua de forma incisiva nas questões ambientais, desenvolvendo projetos de brilhante iniciativa e com objetivos tangíveis que envolvem e atingem diretamente a população. Mesmo que pareça jargão, vale dizer: “a Amda realmente anda” e busca com suas ações um futuro melhor, aproximando, o máximo possível, de uma sociedade ambientalmente correta e socialmente responsável.”

Bruna Rossi Jeniffer Passos Borges, estudante de Publicidade e Propaganda na PUC-Minas

“Assim que conheci o trabalho da Amda, me senti no dever de fazer parte da história da Associação. Aprendi a valorizar a preservação ambiental e o desenvolvimento de meios sustentáveis. Orgulho-me de ser voluntária de uma instituição que se preocupa de verdade com as questões ambientais; todo o trabalho desenvolvido pela Amda busca um futuro melhor prezando pela vida na Terra.”

Bruna Rossi André Gomes Pedroso, estudante de Medicina veterinária na Fead

"Desde pequeno eu me identifico com os animais e todo o meio ambiente. Sempre fui bem próximo dos dois – adoro acampar, visitar cachoeiras, e estar ao ar livre. É tudo tão maravilhoso que não consigo viver sem isso. Hoje, como voluntário da Amda, eu me aproximo cada vez mais da natureza e percebo o quão ela é preciosa. Logo irei me formar, e as coisas que faço e aprendo aqui na Amda, levarei comigo por vida toda!"

Bruna Rossi Bárbara Dolabela, estudante de Ciências Biológicas na PUC-Minas

“Sou voluntária porque as questões ambientais são de suma importância para a civilização. Preservar o meio ambiente é dever de todo cidadão e ajudar os outros a enxergar isso é muito bom. Acredito que pequenos atos podem fazer toda a diferença, e por essa razão me sinto maravilhosamente bem quando estou lutando por um ideal que vale a pena. Sinto-me mais cidadã e humana dessa forma. Junto à Amda, uma grande organização que vem lutando contra as injustiças cometidas contra o meio ambiente, consigo exercer melhor meu papel de cidadã e lutar para garantir a permanência de todos os recursos e vida na Terra. Quando conheci essa Associação, senti-me inundada de esperanças, percebi que por mais alarmante que sejam as atrocidades cometidas contra o meio ambiente, existem pessoas de bem que lutam para extingui-las. E saber que pequenos atos fazem toda diferença nos impulsiona a querer ajudar sempre."

Bruna Rossi Flávia Maciel, estudante de Medicina Veterinária na Fead

“Sou voluntária da Amda participando de blitze, reuniões, palestras e manifestações. Fazer parte dessa Associação é importante, pois me sinto integrada com o meio ambiente e sempre informada sobre os principais assuntos em questão, inclusive políticas ambientais que auxiliam na proteção da biodiversidade. Necessitamos da Natureza para viver e, para isso, é preciso equilíbrio entre fauna, flora e seres humanos. Quando isso não ocorre, temos as catástrofes que vemos nos noticiários, como enchentes, queimadas, desmatamentos e tráfico de animais silvestres. Cada um deveria se importar mais com o meio ambiente e fazer um pouco, começando em casa. É tão bom vivermos bem em sociedade e, para isso, temos que respeitar a Natureza em primeiro lugar. Fazendo parte da Amda consigo passar um pouco de conhecimento informando as pessoas sobre o quanto é importante preservarmos a natureza!”

Agenda