Informações Ambientais

Filtro de barro brasileiro é o melhor purificador de água do mundo

Sistema de filtragem retém cloro, pesticidas, ferro, alumínio, chumbo e até um tipo de parasita causador de doenças

Foto Institucional
Crédito: pragmatismopolitico.com.br
13 de Janeiro de 2015

Sabe aquele velho filtro de barro que provavelmente você já viu na casa da sua avó? Ele possui o melhor sistema de purificação de água do mundo. Estudos publicados no livro The Drinking Water Book, de Colin Ingram, apontam que os filtros tradicionais com câmara de filtragem de cerâmica são muito eficientes na retenção de cloro, pesticidas, ferro, alumínio e chumbo (95% de retenção). Ele ainda é capaz de reter 99% de Criptosporidiose, um parasita causador de doenças.

Os sistemas do filtro de barro são baseados na filtragem por gravidade, em que a água lentamente passa pelo filtro e goteja em um reservatório inferior. Considerado um mecanismo "mais calmo", ele garante que micro-organismos e sedimentos não passem pelo filtro devido a uma grande pressão exercida pelo fluxo de água.

Em contrapartida, quando a água sofre uma pressão de passagem, tais como o fluxo da água da torneira ou tubulação, o processo de filtragem fica prejudicado, já que a pressão faz com que micro-organismos e sedimentos passem pelo sistema e cheguem ao copo. A pesquisa também revela que muitas tecnologias lançadas para novos filtros não têm tanta utilidade, pois em geral não impedem que elementos perigosos como flúor e arsênio passem pela filtragem.

Limpeza

O filtro de barro exige cuidados básicos e simples. A vela deve ser limpa a cada três meses, ou antes disso, caso esteja amarelada ou esverdeada. Não é recomendada a utilização de produtos para a limpeza da vela, basta água corrente e uma esponja nova e limpa.


Fonte: EcoD, revista Ecológico

Agenda