Ações Históricas

Ambiente Hoje
Foto Projeto

Ambiente Hoje

A história do jornal Ambiente Hoje se confunde com a própria história da Amda. A Amda foi fundada em 1978. O jornal foi lançado oito anos após, em 1988. Seu surgimento partiu de uma constatação muito simples: a de que qualquer tipo de mobilização social - como a pretendida pela entidade - não iria adiante sem o apoio da comunicação.

Desde sua fundação, a Amda sempre teve o apoio dos veículos da grande mídia. No entanto, faltava algo que pudesse traduzir, em sua integralidade, a visão da entidade sobre os grandes fatos em sua área de atuação. Assim, em seus 23 anos de circulação, o Ambiente Hoje acompanhou muito de perto as principais questões que compuseram a história ambiental de Minas e, por sua vez, a história da própria Amda.

O pesquisador que pretende levantar a história da Lista Suja tem no Ambiente Hoje a melhor fonte, ainda que uma parte dessa história - compreendida entre 1982 e 1988 - não tenha sido registrada, porque o jornal não existia. Mas, a partir daí, anualmente, no mês de julho, o Ambiente Hoje sempre trazia a edição especial da Lista Suja. Suas páginas retrataram, também, os grandes embates ambientais travados no Estado, pelo controle da poluição atmosférica, pela adequação do garimpo, da mineração e da siderurgia à legislação ambiental, pela redução do desmatamento, pelo esforço para que cada um contribuísse para a redução do aquecimento global.
 
Pelas páginas do Ambiente Hoje foi possível acompanhar, também, as transformações pelas quais passou a estrutura de meio ambiente do poder público em Minas, inicialmente com a criação da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) e a incorporação gradativa dos órgãos que a compõem - Feam, IEF e Igam e, em um segundo momento, com a descentralização do Copam.

A profícua existência do Ambiente Hoje coincidiu com um momento de grandes transformações na área de comunicação. O embrião do jornal foi um boletim mimeografado impresso em A4 que, em seguida, migrou para um jornal tablóide de quatro páginas impresso em preto e branco. Já com o título de Ambiente Hoje, o jornal procurou se adequar às mudanças de padrão de diagramação. Ao longo desse período, teve vários editores, passou por inúmeras reformas gráficas, ganhou versão impressa na internet e ficou mais colorido. Apenas uma coisa não mudou: o compromisso com a qualidade da informação e com a isenção. Esse é o seu legado de 23 anos.  

O periódico mensal da Amda era distribuído em órgãos públicos, sindicatos, bibliotecas, instituições de ensino em Belo Horizonte e no interior do Estado, prefeituras, secretarias de Meio Ambiente, Turismo, Educação e Comunicação, veículos de imprensa, empresas com atuação na área ambiental, ONGs ambientalistas e associados da entidade, entre outros.

Sua produção foi interrompida para dar espaço a outras formas de comunicação mais modernas e eficientes, como o próprio site da Amda, atualizado diariamente, fóruns virtuais, redes sociais, debates periódicos com a sociedade - por exemplo, as Terças Ambientais - e outras ferramentas de divulgação mais interativas.

Agenda

Mobilidade Urbana e Meio Ambiente
Terça ambiental
02 de Maio de 2017